Falam-se línguas (translate)

quinta-feira, 29 de maio de 2014

A quem é que ela sairá?

- Vá Mironinho, vamos para o quarto que são horas de ir dormir.
- Mas eu estou a fazer um desenho para a Rubicunda (educadora).
- Então acaba lá o desenho.
- E também vou fazer um para a Celestina (auxiliar).
- Rápido.
...
- Vá, já está, vamos deitar.
- Tenho de escrever o meu nome.
- Rápido.
- Falta o nome delas. Diz-me as letras.
- R - U - B - I- C - U - N - D - A.
- E o da Celestina.
- C - E -...
- E a data.
- Dois - oito - tracinho - zero - cinco - tracinho - dois - zero - um - quatro. Vá, acabou.
- Como é que se escreve quarta-feira?
- Deves pensar, deves... Andor!

10 comentários:

  1. Ahahahahahahahahahahahhaahahahahaahahahahahah... Coisa mai linda!! :DDD

    ResponderEliminar
  2. Já agora. Também não estou a ver por que não deverá a criança aprender a escrever quarta-feira. Não estou mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque a seguir iria escrever a morada, a Divina Comédia, Os Lusíadas e tudo quanto se lembrasse para poder adiar a hora de ir para a cama (e eu não sei Os Lusíadas de cor... nem a Divina Comédia, mas não quero que se saiba. só por isso :D).

      Eliminar
  3. É preciso ter lata para dizer uma barbaridade destas, não tem tempo para ensinar a filha mas tem tempo para andar o santo dia no blogue na má lingua, e nos blogues das amiguinhas dela que ainda são piores do que ela.
    Faz esta gente os filhos para isto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, não é que tenha de lhe dar satisfações, que não tenho e estive mesmo para o deixar a falar sozinho, neste antro de má língua - tendo tempo há-de vir mostrar-me onde. Por outro lado, esta mostra-se uma excelente oportunidade para poder mostrar como também sou uma mãe maravilhosa, um poço de conhecimento no que diz respeito a educação e pedopsicologia - ou isso só as outras bloggers é que podem ser? Portanto fica aqui a minha resposta: tenho todo o tempo para ensinar a minha filha, mas também sei que as crianças têm horas para se irem deitar. Não sou rigorosíssima, não cronometro os horários que estabeleci, sou bastante flexível, tanto é que a deixei acabar o desenho. Mas flexibilidade tem limites e se por um lado faz parte do crescimento da Mironinho arranjar estratégias parta adiar a ida para a cama, negociar, só mostra que é uma miúda atenta e inteligente, cabe-me a mim, adulta, decidir até que horas é apropriado deixá-la acordada e quando está na hora de ir dormir.
      É sempre um gosto responder-lhe.

      Eliminar
    2. Quem quer falar mal, fala, dê lá por onde der.

      Eliminar
  4. Ahaha! Acho piada a essas estratégias para adiar a hora de dormir!

    Ps: Não é coisa que passe à medida que for crescendo. É coisa que veio para ficar.

    Não tens de quê.

    ResponderEliminar
  5. tal e qual o q acontece cá em casa!

    ResponderEliminar