Falam-se línguas (translate)

sábado, 31 de agosto de 2013

Eu não percebo...

Sai uma pessoa de casa, feliz da vida que é fim de semana, passa pelo quiosque, leva os jornais e revistas que tem de levar, dirige-se à esplanada, pede o café e senta-se para o que pensa ser uma horita sossegada.
As criancinhas correm na praça, os paizinhos conversam, tudo muito bem, muito bonito, muito romântico, com diminutivos e tudo. Os pombos, essas ratazaninhas aladas, e o que eu gosto de ratazanas, senhores, vêm procurar migalhas nas mesas. Respiro tranquilamente. O castelo continua lindo. O raça do pombo que nem pense vir para a minha mesa, que só tenho café. Sol morno, o Verão está a acabar. O pombo outra vez. Não, ratazaninha piolhosa, nem tu me tirarás o sorriso do rosto. Vai lá voar para longe de mim se fazes favor, sim? E encho o peito de ar. Se isto não é a felicidade, há-de andar muito perto.
E depois ouve-se isto, na mesa ao lado.
- É que não estás bem a ver? É caça à multa, aqueles filhos da mãe! 60 euros, pá! 60 euros! 12 contos em dinheiro antigo! Só porque deitei fora a beata do cigarro. Era para o alcatrão meu! Se andassem atrás desses políticos corruptos, que é uma vergonha, mas não, quem se lixa é o mexilhão!

Estou capaz de lhe emprestar o jornal que comprei. Ou de amestrar um pombo, que lhe deixe uma valente poia na testa.

24 comentários:

  1. Respostas
    1. Se fosse na calçada portuguesa era bem pior que todos sabem que é mais inflamável do que a gasolina.
      Que comentário mais descabido o seu.

      Eliminar
    2. E atirar pontas de cigarro para o chão?

      Eliminar
    3. Vai atirar para onde, para o ar?

      Eliminar
    4. Se fuma, pergunto-lhe. Anda na rua munido de um cinzeiro? E se anda, onde o despeja quando está cheio?

      Eliminar
    5. Não fumo. Se fumasse, não andaria na rua com um cinzeiro, evidentemente. Procuraria fumar onde houvesse cinzeiros. Os cafés, restaurantes, etc, mesmo os que não aceitam fumadores, costumam ter à porta cinzeiros ou umas caixas grandes com areia para esse efeito. Os cinzeiros, quando estão cheios, despejam-se no caixote do lixo. Pelo que me apercebi da conversa que relatei, o senhor ia de carro, e atrás seguia a polícia, que o mandou parar e multou porque ele atirou a ponta do cigarro pela janela (o arremesso de objectos é proíbido pelo Código da Estrada). Tenho ideia que todos os carros trazem cinzeiro, mas não tenho a certeza. De qualquer das formas, não acho correcto atirar lixo para o chão, sejam pontas de cigarro, sejam papéis, o que fôr...

      Eliminar
  2. Bem apanhado. Nunca pensei que efectivamente multassem quem comete essa contra-ordenação. Honestamente, acho bem, o lixo não é para deitar para o chão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É para se conservar no frigorífico.

      Eliminar
  3. Foi pena é ser só 60 euros. Esta gente continua a achar que a rua é o caixote de lixo privado deles. Mais grave ainda é os que vão no carro e atiram as beatas e papéis pela janela fora, quando têm cinzeiro no carro. Esses para mim então era a doer.E se vão a pé procurem um caixote do lixo, dá trabalho não é? A minha filha é pequenina e sabe perfeitamente que lixo é no caixote. É como as pessoas que vão para as praias e para os piqueniques e deixam tudo cheio de lixo. É um questão de educação e civismo coisa que os Portugueses têm muito pouco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que Santinha tão bem educada, mas as que falam assim eu bem sei quem são, que são essas senhoras que mudam os lençóis de mês a mês e as cuecas de semana a semana.

      Eliminar
    2. Santinha não sou nem tenho pretensões a ser mas muito bem educada graças aos pais que tive, a mesma educação que passo aos meus filhos, já o mesmo não se pode dizer de certas pessoas, que quando não têm nada de inteligente para dizer, recorrem a insultos estúpidos.

      Eliminar
  4. Então não é uma Santinha quem se preocupa tanto com a limpeza das ruas?
    E ainda lhe digo mais, que se não for o seu caso é com ceretza de muitas Santinhas parecidas a si que tenham cachorro, que se preocupam com uma beata numa auto estrada e deixam o cachorro defecar na relva onde brincam crianças.
    Minha cara pipinhahehe, quando a menina para lá vai eu já estou de volta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo para se preocupar com a limpeza das ruas não é preciso ser santinha apenas ser higiénica, e já agora não tenho nenhum cão e detesto qunado vou a passar nos passeios(o mesmo se aplica à relva) e tenho que me desviar dos poios porque as pessoas não se dão ao trabalho de apanhar o que os bichinhos largam. Passe bem.

      Eliminar
    2. Se não tem cão tem gatos, escusa de vir para aqui mentir e dizer que não porque bloggeira sem gatos não tem estatuto, e quando saem à rua se calhar a menina anda atrás deles com um saquinho e uma pá.
      E também nunca cuspiu para o chão, e se me disser que não eu digo-lhe que se não cuspiu a menina cuspiu o seu marido ou a sua filha bem educadinha, mas a pipinhahehe é como todas e todos que são muito limpinhos mas por tras é olhem para o que eu digo mas não reparem para o que eu faço.
      É Tudo gente muiiiiiito limpiiiiinha, ah pois é!

      Eliminar
  5. Deve ser um bocado triste ter uma mente assim... enfim..

    ResponderEliminar
  6. Então anónimo? Cabemos cá todos, os que gostam de lixo no chão, os que não gostam, os que o guardam no frigorífico, os que mudam a roupa da cama e os que não mudam.
    Não me assuste é a "caça", se faz favor :)

    ResponderEliminar
  7. Então anónimo? Cabemos cá todos, os que gostam de lixo no chão, os que não gostam, os que o guardam no frigorífico, os que mudam a roupa da cama e os que não mudam.
    Não me assuste é a "caça", se faz favor :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De acordo, mas escusa de caçar com carabina de dois canos.
      :)

      Eliminar
  8. Eu gosto mais do lixo na rua do que no chão da minha casa.
    A Câmara, por acaso, não paga a pessoas para limparem?

    Maria da Pureza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma perspectiva, sim senhora, são postos de emprego. Outra será pensar que se pudermos sujar menos a Câmara pode gastar o dinheiro com a limpeza no fornecimento de melhores refeições às escolas básicas, por exemplo, já que ultimamente saõ cada vez mais as notícias que nos dão conta de que saõ muitas as crianças que fazem na escola a única refeição do dia.

      Eliminar
  9. Tudo quanto uma Câmara, ou qualquer outra Entidade Governamental possa poupar sobre as verbas atribuídas, vai direitinho para os bolsos do mais expeditos, como de resto a Fátima Felgueiras e o Isaltino, entre outros, são disso exemplos significativos.
    Não obsta porém, que não discorde de quem suja podendo evitar.

    ResponderEliminar
  10. "(...)Não me assuste é a "caça", se faz favor :)"
    Liiiiindo, ahahahaha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! É que vem o leitor, muito simpaticamente, dar a sua opinião e tem de levar com a ira do anónimo. Parecendo que não, incomoda-me. Quero os insultos todos para mim, que afinal o blog é meu.

      Eliminar