Falam-se línguas (translate)

sábado, 3 de agosto de 2013

Equivalência

Sobre aquilo do Relvas ser Alto Comissário da Casa Olímpica da Língua Portuguesa só tenho a dizer que durante a minha infância e juventude vi todas as novelas da Globo, e uma ou duas da Bandeirantes, que havia para ver, consigo imitar perfeitamente o sotaque carioca, paulista ou nordestino. Também não vou mal nos sotaques africanos  e falo "alentejano", "minhoto" e "madeirense" fluentemente. Pratiquei basquetebol federado durante 3 anos, nunca participei nos Jogos Olímpicos, bem sei, mas o Relvas também não. Renovei o meu passaporte há poucos meses, pelo que tenho disponibilidade para viajar com frequência para o Brasil e outros países, se assim tiver de ser.
Sendo assim, acredito que tenho um currículo suficientemente rico para merecer a equivalência e ocupar um lugar de destaque no Alto Comissariado.

Belinha, conto contigo para o lobby aí desse lado do Atlântico. 

5 comentários:

  1. Quase todos os continentais que dizem imitar fluentemente o sotaque madeirense fazem-no em açoriano... Só um madeirense para lhe dar a equivalência desse sotaque ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hummm... isso era suposto ser madeirense por escrito?
      E era o quê? "Penso que"? "Pensas que"? "Pens que"? "Pénis que"?
      Não percebi...

      Eliminar
    2. Penso que... Em versão CR. Das duas uma, ou só falo bem "madeirense", mas não escrevo , ou tens razão, penso que é sotaque madeirense e afinal é açriano.

      Eliminar