Falam-se línguas (translate)

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Vivendo e aprendendo

Estava aqui a reservar uns voos na Tap e reparei que cobram mais 15 euros para servir uma refeição halal, kosher, para diabéticos, doentes celíacos ou intolerantes ao glúten.

21 comentários:

  1. Assim, escrito dessa maneira, até parece que "halal" ou "kosher" é alguma doença. E, claro, para os doentes (que não é opção) não deveria ser mais caro!

    ResponderEliminar
  2. Ó Mirone, que drama, não vá por aí, não é nada grave, aquilo é só uma brincadeirinha, uma ironia, como vocês lhe chamam. Olhe, mais ou menos o que vocês fizeram nos 7 bloco-pecados, fazerem-se passar por outras pessoas e imitar-lhes o estilo.

    Ora confira:
    http://esoumhateblog.blogspot.pt/2015/09/que-amiguinhas-ha.html

    Relaxe, Mirone, isto são só blogues, é tudo ironia, não é para levar a sério. Umas vezes dá-se, outras leva-se. Claro que quando se leva não é tão agradável, claro que a Picante se enxofrou, mas também não é preciso entrar pela via do exagero.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Drama? Das duas uma: ou me expresso muito mal ou o anónimo tem sérias dificuldades na interpretação de um texto do mais básico que há. Repare: num texto com o título "vivendo e aprendendo", sem qualquer pontuação que lhe dê especial ênfase, conto que reparei que a tão cobra 15 euros por uma refeição diferente. Não disse se concordo, se discordo, se acho caro ou barato, tratou-se de uma simples constatação, não vejo onde está o drama.
      Quanto ao post "linkado", está feita a divulgação. Bom fim de semana.

      Eliminar
    2. Lamento que não perceba a diferença entre os 7 blogopecados e o conteúdo do post Linkado. E, se tenho de lhe explicar é porque não vai perceber.

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    5. Picante, quem não tem capacidade de, por si mesmo, distinguir as duas situações não vai perceber com ajuda e, francamente, falta-me paciência para explicar o básico.

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    7. Recomendo um Serenal para cada uma. Ficam logo mais calminhas e vão precisar nos próximos tempos.

      Eliminar
    8. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    9. Anónimo, já aqui deixei escrito muitas vezes que não aceito ataques a outros bloggers na minha caixa de comentários e que apago todos os comentários que o façam. A quem não consegue usar a liberdade que lhe é dada não se dá mais liberdade (é importante demais para ser desperdiçada).
      Tem a caixa aberta para me dizer que sou burra, chata ou o que bem entender, sobre outros não. Desculpe lá o egoísmo mas no meu blog é assim, exijo que todos os holofotes apontem para mim.

      Eliminar
    10. Já agora, e por uma questão de coerência, apagava também o comentário ali em cima da Picante a chamar-me estúpida como a puta que me pariu. É que, parecendo(-lhe a si) que não, é profundamente mais ofensivo do que o que escrevi sobre ela, que, aliás, nem ofensivo era, era apenas a constatação da linha pela qual ela está a reger o blogue dela.

      E para a coerência ser total, tinha apagado o dela muito antes do meu, já que também ele ali permanece há muito mais tempo.

      E aí, sim, poderia eu considerar alguma verticalidade na sua atitude.

      Eliminar
    11. Em boa verdade nem o seu primeiro post devia ter publicado (suponho que seja a autora do blog linkado) já que o link apresentado nem sequer tinha a ver com o conteúdo do meu post. Ainda assim, dei-lhe o benefício da dúvida, é uma vez que o comentário me visava deixei-o ficar (nunca apago comentários que me critiquem). Podia ter ficado por ali, podia, mas constrangeu-me a incapacidade que demonstrou em distinguir duas situações tão diferentes. Logo no meu comentário lhe disse que não lhe iria explicar (há princípios que ou vêm de origem com a pessoa ou nem o melhor pregador - e eu sou tudo menos boa pregadora- pode incutir). Apesar de a crítica me ser dirigida, o link mostrava um Mail forjado. Como reagiria o anónimo se alguém forjasse a sua assinatura num documento naqueles termos e lhe atribuísse a sua autoria? É que entre um e-mail é uma carta, só o suporte é diferente.

      Eliminar
    12. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    13. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    14. Anónimo/os, não sei se são a mesma pessoa ou se são anónimos diferentes:
      Pelas razões que já expus mais do que uma vez, os comentários supra foram eliminados. Ambos continham referências (tal como continha o de ontem) a bloggers que não foram tidas e achadas. Tendo alguma coisa a dizer-lhes é falar com elas, este não é o local adequado.
      Mas para que não se diga que apago as críticas que me são dirigidas, fica aqui registado que me considera/m subserviente (e por sinal o faço muito bem) e com necessidade de aprender qualquer coisa com vernáculo.

      Eliminar
    15. Pelo menos já foi mais justa, apagou também a ofensa que me era dirigida a mim. Pena que para mostrar ter alguma coluna vertebral tenha sido necessário pedir-lhe por duas vezes.

      Eliminar
    16. Ainda assim foram menos do que as que lhe pedi a si.

      Eliminar
  3. Uma roubalheira, especialmente para quem fica doente se não tiver uma refeição adequada como os celíacos. Já perguntei se descontam o preço da refeição normal aos celíacos que não querem ou não podem pagar os quinze euros e que não a vão comer... Não responderam. Ainda se valesse quinze euros, mas nem isso.

    ResponderEliminar