Falam-se línguas (translate)

quarta-feira, 18 de março de 2015

Depois há as senhoras que quando se juntam

Estão numa espécie de competição "Tenho o marido menos prestimoso do mundo". É que nem a mesa põe, não sabe fritar um ovo. Eu já desisti, se quiser as coisas bem feitas faço eu. Estou farta de baixar tampos de sanita e limpar pingos. Não há um dia que não tenha de ir atrás dele apanhar a roupa que deixou no chão do quarto e da casa de banho. Nunca neste tempo todo veio com o filho à natação. Vocês deviam ver como é que me mandou a garota vestida para a escola.
Se lhes pergunto o que estão a fazer com tamanho traste? Se as mando queixarem-se a ele, em vez de às amigas, que nada podem mudar? Não, que disparate! Pura perda de tempo. E levantaria a lebre para mais um infindável rol de queixas.
Prefiro entrar na conversa e armar-me em mete nojo, que o meu é perfeito, que me dá uvas à boca enquanto me faz ventinho com plumas, que me abre a cama e leva ao colo todas as noites, que mandou substituir os paralelos da minha rua por uma carpete felpuda para eu não estragar os tacões, etc.
Elas olham-me com os olhos muito esbugalhados, como se uma lunática fosse, e faz-se um silêncio sepulcral. Remédio santo.

31 comentários:

  1. Aahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah... quero ir contigo à natação. Sim? Sim? Por favoooooooooooooooor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Traz roupa fresca que aquilo é um inferno, tão quente e abafado.

      Eliminar
    2. São todas Mirone...são todas... :D

      Eliminar
  2. Mas... Mas... O teu não é assim como o das outras?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu é perfeito, tal como eu! :DDDDDDD

      Eliminar
    2. Não Mirone, a ideia era dizeres a verdade, não era essas tretas que inventas só para elas ficarem com inveja ;)
      Diz lá a verdade, pleaseeeee! ;)

      Eliminar
    3. A verdade, nada mais que a verdade. NUNCA tive de baixar a tampa da sanita porque ele a deixasse aberta, e também não deixa pingos. Às vezes deixa roupa no chão ( e eu também). NUNCA deixa pêlos da barba no lavatório nem restos de pasta dos dentes. Às vezes deixa as toalhas de banho no chão (esquece-se que não vive num hotel :DDD). Quando chego da natação com a Mironinho tenho a mesa posta. Quando come no sofá da sala leva SEMPRE um pratinho para aparar as migalhas, mas NUNCA põe o pratinho na máquina de lavar louça, deixa-o em cima da bancada. Cozinha bem, alguns partos muito bem, mas suja muita louça para o fazer. DETESTA ir despejar o lixo (eu também, compreendo-o). tem EXCELENTE gosto a vestir a filha. Não limpa, não lava, não passa a ferro, mas é um excelente marido (apesar de não me dar uvas à boca enquanto me abana, não me levar ao colo para a cama e não ter mandado alcatifar a minha rua).

      Eliminar
    4. Digo-lhes aqueles disparates porque me parece a única forma de perceberenm que é tão descabido dizer que se tem um marido perfeito como dizer que se tem um marido completamente inúltil.

      Eliminar
    5. (boca aberta - não sei qual é o smile disso)
      Mas... Mas... tem defeitos não tem?
      Tipo... resmunga muito e isso?
      Ó pá, ó pá! Queres ver que agora também fico invejosa como as outras? ;)

      Eliminar
    6. Tem defeitos, claro que tem. Só que tal como não gostava que ele me criticasse em frente as estranhos procuro não lhe fazer o mesmo.
      (aqui que ninguém nos ouve, ressona que parece uma locomotiva. É esquisitinho a comer, tenho de lhe triturar a sopa porque não gosta das couves. Quando está adoentado é um mariquinhas do pior, parece que está a morrer e afinal nem febre tem. É daqueles que vê tv com o comando na mão e se adormece e o deixa cair fica furioso porque mudámos de canal e ele estava a ver). Deve ter mais, mas eu também tenho.

      Eliminar
    7. Não resmunga muito mas amua, prende o burrinho, como costumo dizer, fecha-se no escritório e finge que está a trabalhar para não ter de falar comigo :DDD

      Eliminar
    8. Ahahahaha!
      Tão bom.
      Pronto assim fico mais descansada!
      Já estava a imaginar que ele era assim um espécime fora de série.
      Um beijinho Mirone ;)

      Eliminar
    9. Mas é, é mesmo um espécime fora de série (apesar dos defeitos).

      Eliminar
    10. Que lindo! Presumo que já estejas casada há algum tempo e mesmo assim continuas apaixonada! :D

      Eliminar
    11. Continuo apaixonada (já lá vão mais de 8 anos juntos), mas confesso que tenho dias em que é um alívio que ele amue ou que fico a contar os dias que faltam para ele ter de viajar. Como ele terá dias em que agradece não ter de me aturar, que sei bem que às vezes sou impossível.

      Eliminar
  3. Querida Mirone,
    essa da carpete felpuda é muito boa. E explica as votações de Campolide.
    Bom dia,
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não votei no referendo da calçada, juro!

      Eliminar
  4. Pipocante Irrelevante Delirante18 de março de 2015 às 11:04

    Já vi onde o outro foi buscar inspiração para a canção...

    Por causa dessas coisas é que sou eu a levar a mini-me à natação. O mulherio fica logo em sentido.

    (na verdade, elas lá vão falando entre elas, eu limito-me a ver a minha chapinhar, afinal é para isso que lá estou, e a jogar no telemóvel)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devem ficar a babar e a pensar "isto sim, é uma homem como deve ser, traz a filha à natação. O meu Vitor Paulo é que havia de pôr os olhos nele. Será casado? 'Xa cá ver se tem aliança" :D

      Nenhuma mulher resiste a um homem que cuida de crianças.

      Eliminar
    2. a minha filha há já vários anos que vai sempre com o pai à natação; também é sempre ele que vai com a filha ao dentista e ao oftalmologista e vai sempre buscá-la ao colégio. Mirone, será que me devo preocupar?

      Eliminar
    3. Pipocante Irrelevante Delirante18 de março de 2015 às 12:47

      Aviso já de que não passo a ferro.
      Monto prateleiras, mas não é 100% certo que fiquem a bater certo com o nível.
      Troco pneus, verifico o óleo e mudo baterias.
      Levo o lixo à rua (trabalho braçal) e aspiro (até porque a esposa não sabe montar o aspirador).

      Eliminar
    4. Ana, se calhar é melhor pores um chip ao teu marido. É altamente cobiçável.

      PID, ia tudo tão bem até à "esposa", a não ser que tenha sido propositado. :D

      Eliminar
    5. Pipocante Irrelevante Delirante18 de março de 2015 às 22:01

      Mas é a verdade... sem ironias.

      Eliminar
    6. Chamas esposa à tua mulher? Isso é tão... meia branca?

      Eliminar
  5. Eh pah, então se são todos assim, acho que Ella vai continuar divorciada, que está tão bem assim, ehehehehehe.
    Cá agora pingos e tampas e tudo, ai!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero bem que não sejam todos iguais, não são, não podem ser.

      Eliminar
    2. O que se enganou e morou lá em casa também era assim...

      Eliminar
  6. "Toda a gente sabe que os homens são brutos
    Que deixam camas por fazer
    E coisas por dizer...." Toda a gente sabe que os homens são feios
    Deixam conversas por acabar
    E roupa por apanhar
    Miguel Araújo.
    Há que repensar o conceito "marido das outras" Pelo que li, há aqui um equilíbrio muito saudável! :-)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso os maridos das outras é que são brutos, etc, o meu é o arquétipo da perfeição :DDD

      Eliminar
    2. A perfeição num marido, é uma espécie de diamante sempre em constante lapidação, ou já virá pronto na origem? da chamada casa-mãe? :))

      Eliminar
    3. É perfeito para mim, não é A perfeição. É perfeito na medida em que tolera os meus defeitos e eu tolero os dele. Se fosse absolutamente perfeito, isento de defeitos, de certeza que não estava comigo, procuraria uma mulher igualmente perfeita. No fundo isto resume-se, mais do que a perfeições, a defeitos compatíveis. :DDD

      Eliminar