Falam-se línguas (translate)

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Não quê?!

Será que ainda ninguém perdeu 30 segundos para ver o anúncio do novo passatempo Querido, Mudei a Casa?
Podia ser só um anúncio palerma, do género "ligue já e habilite-se a este prémio", mas o que dizer da punch line deste?
"Não tejas medo!"?!
Ninguém vê os anúncios antes de irem para o ar? Pois, se calhar não... Se calhar
é como aqui no blog, primeiro publica-se depois vai-se editando à medida que se descobrem os erros. Por outro lado, o anúncio já aí anda há mais de uma semana.
Quanto custa o segundo de publicidade na TV?


O pintor disse tejas? Não tejas medo? Ou ouvi mal?

10 comentários:

  1. Sim, disse tejas!

    É uma mistura entre não estejas com medo e não tenhas medo, provavelmente. Saiu-lhe não tejas e assim ficou! :p

    É mau! Muito mau!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faz-me confusão que tenham deixado ficar assim.

      Eliminar
  2. Na tejas medo teria sido pior. Há que ver as coisas pelo lado positivo, e acho que tu natájavêlas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :DD
      Por outro lado, ainda que dissesse não tenhas medo, ter medo de quê? As decorações do Querido são assim tão medonhas?

      Eliminar
  3. Eu e o meu namorado também comentámos o mesmo quando vimos anúncio, na semana passada. Farta-se de passar, mas nunca mais voltei a prestar atenção. De facto, o homem atrapalha-se, mas todos fingem não notar :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será que foi gravado em película e acabou-se a fita para fazerem outro take?

      Eliminar
  4. Isto é a ridicularizar os pintores. Daqui a pouco têm os sindicatos em cima. Foi de propósito de certeza! Está na moda lançar estas polémicas ridículas não está?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem lembrado! Isto é alguém da indústria das alcatifas e do azulejo manhoso a querer deitar abixo os pintores e aplicadores de papel de parede e chão flutuante. São autênticos cartéis que não olham a meios para atingir os seus fins!

      Eliminar