Falam-se línguas (translate)

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Meto-me em cada alhada

Agora tenho de inventar posts, dois ou três, ou um post bem comprido, para ver se não aparecem os meus olhos prescrutantes de cada vez que abro o blog. Onde é que eu tinha a cabeça?

Sendo assim, e porque a palavra de ordem é encher chouriços, deixo-vos com uma receita que tirei da net e que tem aspecto de não ser má, para quem gosta.

"Chouriço (mesmo) caseiro

Ingredientes:
.
1,3 Kg de perna de porco (rabadilha)
400g de entremeada
200g de toucinho
2 colheres de sopa bem cheias de massa de alho
2 colheres de sopa bem cheias de massa de pimentão
1 colher de sopa bem cheias de colorau
1 colher de sopa de pimenta preta
3 Colheres de sopa bem cheias de Sal Fumado*
1 copo de água (ou vinho branco na versão beirã)
Tripa fina fresca, de porco.
.
Preparação:
.
Parta as carnes em tiras e misture bem com todos os outros ingredientes, exceto a tripa. 
Deixe num local fresco por 36-48 horas.
Asse na ponta de um garfo, ao lume, um pedaço para ver se há a acrescentar algum tempero. 
O pedaço deve ter os sabores pretendidos mas atenuados, principalmente quanto a sal, que aumenta muito na cura.
Lave muito bem a tripa com sal grosso e vinagre, esfregando dos dois lados e fazendo passar água corrente pelo interior.
Com o auxílio de um funil de enchidos, encha a tripa e ate fortemente as extremidades. 
Pique a tripa com uma agulha de modo a que não fique qualquer bolha de ar no interior do enchido.
Ponha a secar no forno arejado e regulado para 45-50ºC, por periodos de 6-8horas, durante 3-4dias ou até estar no ponto de cura que mais gosta. 
Passe por fora com as mãos oleadas em azeite e guarde.
Se em vez de água usar vinho branco e reduzir a proporção de carne gorda, fará chouriço como o da Beira-Baixa. "

A receita e as fotografias aqui.
 
 Peçp-vos só um favor, não me façam perguntas porque não experimentei a receita. Mas se quiserem experimentar, força nisso, que o inverno está não tarda aí e sempre aproveitam o fumeiro.
 
 

9 comentários:

  1. Eu tenho uma receita melhor.

    Esperar que a sogra os faça :)

    ResponderEliminar
  2. Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahah
    Não s´aguenta!
    E eu que sempre quis saber como se faziam chouriços!

    ResponderEliminar
  3. Não sendo proprietária de um forno arejado, questiono-me se dará também para fazer na lareira da sala? Já tenho um negócio em perspectiva.

    (Comentário para ajudar a encher chouriços)

    ResponderEliminar
  4. Quando era pequena e ía para a Beira Baixa de férias (agora tramei-me e vim mesmo para cá trabalhar) a coisa não era bem assim...
    Lembro-me que as ditas (chouriças, entenda-se) eram colocadas em fumeiro, dias a fio... fumeiro esse, sempre feito numa "cozinha velha" (que tinha por hábito ser mais nova que a "cozinha nova"), com uma enorme fogueira em pleno chão (vá, dentro de uma mega lata), para encher de fumo (até os olhos chorarem), havia que colocá-se eucalipto por causa do cheiro e aquilo ali ficava a pingar para o chão, numa nheca que só visto.
    O alho era mesmo cortado à faca e aprendi que para se descascar melhor, colocavam-se as sacas de 5kg de alho dentro de água durante umas horas, depois a casca soltava-se por si e os dedos não ficavam tão "queimados".
    Outro aspecto interessante é que eram as crianças que enchiam as farinheiras (à base de gordura, pouca carne, tempero e farinha)....
    As tripas eram lavadas na ribeira, que na altura ainda não tinha fossas a escorrer para lá, com o auxilio de um gancho de cabelo, daqueles usados nos carrapitos...
    E pronto, foi o que me ficou aos meus 6 anos (depois morreu o meu avô e deixou de haver porco - dito assim soa um bocado mal, não soa?)
    Obviamente que esta informação é muito útil... para encher chouriços ;)

    ResponderEliminar
  5. Tenho os melhores comentadores do mundo!
    Obrigada!
    Nunca na vida pensei que um post sobre chouriços rendesse tantos comentários (e tão assertivos).

    ResponderEliminar
  6. Ora, ora, nem todos somos guarda-redes do Sporting para nos sentirmos ofendidos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ofendido? RP sente-se ofendido?
      Não será certamente por causa da receita de chouriços caseiros.
      Além disso não tenho lido senão coisas boas acerca do seu desempenho no jogo de ontem.

      Eliminar
    2. Promovido a "santo" pela veia poética de um "jornalista". Coitado, há dias assim em que só se leva com o pau sem poder folgar as costas.

      Eliminar