Falam-se línguas (translate)

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Era uma saia tão curta, tão curta, tão curta...

... que quando a dona andava se via a marcação das collants. Era uma saia tão curta, tão curta, tão curta, que quando a dona se baixou para dar um beijinho ao filho se viu que afinal eram meias, não eram collants.

17 comentários:

  1. Isto ha gente que não suporta mesmo o calor... impressionante.

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Dez minutos de exposição solar diária para a votamina D fixar o cálcio no ossos.

      Eliminar
  3. Era uma saia muito engraçada, não tinha meias, não tinha nada...

    ResponderEliminar
  4. E a senhora tinha corpo para essa "saia"? Now THAT is the question...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tinha, sim. E se perguntar aos outros pais e mães que foram levar os filhos à escola de certeza que vão confirmar.

      Eliminar
    2. Terei chegado tarde? Ou cedo demais? Não me cruzei com ela, por isso não posso confirmar...

      Eliminar
  5. Por acaso também gosto muito de ver a marca do collant por baixo da saia/calção. Fica um must! Essa da meia liga também já vi. Num café, de perna cruzada. Lindo lindo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Saia pied poule preto e branco? Madeixas platinadas pelo meio das costas?

      Eliminar
    2. Não, esta da perna cruzada foi quando eu andava no liceu! :)
      Acho que eram meias liga pretas e saia dourada! Credo!

      Eliminar
  6. Então mas ainda não ouviram falar das collants sem essas marcações??Por Deus!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eram meias :D

      Pode não ter ouvido falar em collants sem marcação, mas seguramente terá ouvido falar em espelhos.

      Eliminar