Falam-se línguas (translate)

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Estou feita uma velha do Restelo

Há uma versão nova da Heidi. É bonitinha, a imagem é mais nítida e as cores mais vivas, a história é a mesma, mas não é a mesma coisa, sem o genérico do "avoziiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinho, nunca eu de ti me separarei".



12 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Isso e o Noddy... prefiro os "velhos". Até a voz nasalada e irritante do boneco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lembro-me dos livros do Noddy, mas não me lembro de ver desenhos animados, não sei como era a voz original :(

      Eliminar
  3. Pá, já és muito nova...
    ...no meu tempo ainda era
    "Abuelito, nunca yo de ti me arredare"

    (sim, tou co... ve... arcaico!)

    :)

    ResponderEliminar
  4. Pipocante Irrelevante Delirante20 de outubro de 2015 às 21:36

    A Abelha Maia também foi fazer cirurgia estética

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se operarem o Tom sawyer faço uma petição online.

      Eliminar
  5. Sabias que nesta versão, Heidi é um diminutivo para Adelaide? Não tem mesmo nada a ver. Já agora, também dá a Abelha Maia, que vai pelo mesmo caminho: mudam as canções do genérico e alguns nomes.

    ResponderEliminar
  6. Para mim Heidi que é Heidi tem que ser vista/ouvida em Alemão. A voz "cana rachada" na sua versão portuguesa é uma facada bem forte dada na minha infância.

    Remeto-me ao silêncio no que concerne a nova versão. Calo-me para não chorar, entenda-se :D

    ResponderEliminar