Falam-se línguas (translate)

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

O problema não é ele, sou eu

Quais vendedores de aspiradores qual carapuça, o campeão das vendas é seguramente o empregado do talho aonde costumo ir.
Ontem saí com o único propósito  de comprar um fillet-mignon, apenas isso, um fillet-mignon, que fiquei com a receita de bife Wellington da Mary Berry atrás da orelha.
Trouxe o fillet-mignon, "sim senhora, leva aqui uma boa peça, isto é manteiga, derrete-se na boca, D. Mirone". Com ele vieram doze "costeletinhas de borrego nacional, que são um sonho, nao é nada desses congelados da Nova Zelândia que vai-se a ver é só água", uma "galinha com miúdos que dá uma canjinha que não queira saber, foi ontem o meu jantar", "quatro peitos de frango que é só selar e levar ao forno com alho e ervas, fica uma delícia e não dá trabalho nenhum" e uma "olhe aqui esta pázinha de porco, categoria! Isto bem temperado, não lhe digo nem lhe conto, é que entretanto o tempo vai começar a pedir um assadinho com castanhas". Consegui escapar à "perna de perú, se quiser desosso-lha e ponho já a alheira, D. Mirone, fica já prontinha, pode ser?".
Sou uma presa fácil, é o que é.

26 comentários:

  1. Somos duas! acho tão perigoso ir ao talho como ir a uma loja de roupa, diria que acho que é mais. Tenho que ir comprar uns bifes de peru e sinto que posso sair de lá com um porco, uma vaca, um borrego....sou muito fácil!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ufa... Afinal não sou só eu.

      Eliminar
    2. Agora estou em pulgas com a receita do bife Wellington! e sim, fui ao talho à hora de almoço e trouxe o que queria e o que não queria, tudo com tão bom aspeto!

      Eliminar
    3. Passou este fim de semana no 24 kitchen.

      Eliminar
  2. De facto não é qualquer um que consegue impingir o jantar do dia anterior...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes aquelas lojas que usam ambientadores para incentivar o consumo, acho que ele deve ter uma coisa do género... Ou então fez uma formação em hipnose. Não há uma única vez que lá vá que não traga mais do que o que tinha planeado.

      Eliminar
    2. Impulse, minha cara, não são só os bloggers que evoluem, também os desodorizantes.

      Eliminar
    3. :DDDDDDD

      (E o printil, será que ainda existe?)

      Eliminar
    4. ahahahahahahahahahah

      O PRINTIL

      do que te/me foste lembrar!

      ahahahahahahahah

      opá aquilo cheirava tão mal, que saudades, meu deus, que saudades!

      Eliminar
    5. Sabemos que não vamos para novas quando não nos lembramos do que comemos ontem ao jantar mas recordamos com precisão cirúrgica coisas que se passaram no outro século...

      Eliminar
    6. estás portanto a dizer que o homem do talho é um rapaz novo, perfumado e ágil no acondicionamento de carnes... Mr. Mirone que saiba!

      Eliminar
    7. Perfumado não posso afirmar, mas que é master no acondicionamento de carnes, ó minha amiga, é um sonho!, como diria o próprio.
      Quanto à idade, digamos que é um rapaz da minha idade, ambos nos lembramos do que comemos no dia anterior (cada um em sua casa! Ahahahahahahahah!).

      Eliminar
  3. O que me ri com este post!!!!Ahahahahahahah!!! Muito bom, e não é que é tal e qual??? Mas nós gostamos destes "mimos", se bem que ás vezes não sai muito em "conta"!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou uma fraca. Ele arruma os bifes espalmadinhos nos sacos, para não se colarem uns aos outros, aquilo vai direitinho para o congelador, escuso de estar eu a fazer isso em casa, não há como resistir ao charme daquelecortador ea condicionador de carnes :)))))

      Eliminar
  4. eu cá preciso dum homem do talho desses. senhor marido é carnivoro e eu sou muito novata a escolher e preparar carne. se houvesse aqui um homem desses que me dissesse semelhantes bonitezas eu trazia tudo :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um galã das carnes verdes, é o que te digo. E dá sempre imensas dicas para preparação da dita. Olha que costumam ser boas.

      Eliminar
    2. Descsulpa?, Disseste "galã das carnes verdes"?!

      ahahahahahahahahahahahahahahahahahaah

      (credo, que mais esta senhora irá inventar?!)

      Eliminar
    3. Galã é pouco. O homem gosta de carne, vê-se. Se tu o visses a manusear a carne, aquele misto de firmeza e carinho... Eu é que não sou de ver filmes eróticos, senão arriscaria dizer que já vi filmes com menos carga erótica que aquela que ele imprime no seu trabalho.

      Eliminar
  5. eu cá preciso dum homem do talho desses. senhor marido é carnivoro e eu sou muito novata a escolher e preparar carne. se houvesse aqui um homem desses que me dissesse semelhantes bonitezas eu trazia tudo :D

    ResponderEliminar
  6. Tem jeito para o negócio e tu gostas de comer :D não podia acabar de outra maneira :P

    ResponderEliminar
  7. Pá, pazinha, sem acento. ;)
    Também eu fiquei com receita da Mary Berry atrás da orelha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, é assim com todos os inhos/as. Escapou...

      Eliminar
  8. E é possível partilhar a localização geográfica de tal talhante? ando sempre à procura de um bom sítio!

    ResponderEliminar