Falam-se línguas (translate)

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Excesso de informação

Parado do outro lado da rua, em segunda fila e com os quatro piscas ligados, o meu vizinho, já cinquentão, apressava a mãe que conversava à saída da farmácia.
- Depressa mãe, falam depois que eu não posso estar aqui parado, a Céu está à espera.
- Pronto, pronto, estou a ir. Credo, este rapaz anda sempre cheio de pressa, parece ele que foi feito a correr. Por acaso até foi, que naquela altura eu e o pai tínhamos os horários desencontrados.

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Nadinha de nada, disse-o a rir, na maior das descontrações.

      Eliminar
  2. Kkkkkk!
    É raro apanhar uma «velhota» que aborde ainda que indiretamente o assunto «sexo» lol.
    Acho que esse diálogo é inventado :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É raro mas ainda se apanham (era comigo que a senhora estava a falar à porta da farmácia, conhecemo-nos há bastante tempo, ainda assim dispensava a partilha :))))

      Eliminar
  3. Ahahah! adoro cabeças arejadas, mas confesso que passo bem sem imaginar a senhora a pinar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi a correr, não tens muito para imaginar. :)))))

      Eliminar