Falam-se línguas (translate)

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

A caminho da noite mágica #1.1

Pessoa, pessoas, falta um mês! 
Estamos oficialmente na época festiva mais festejada em todo o mundo, época de paz, amor, concórdia e partilha, por isso sinto-me impelida a partilhar isto convosco.
Eu sei que desse lado concordam comigo, que acham que sim, que o importante é o amor. Eu até compreendo que seja uma forma de marcarem a vossa posição, de dizerem um Basta! firme, de repudiarem o consumismo desenfreado que por estes dias toma conta de muitos de nós, mas...

Vamos parar de enforcar Pais Natais (Pais Natal?) nas varandas, sim?



Hã? Não estão enforcados? Ahhhh... Então vamos pendurá-los de forma mais cuidada, sim?

6 comentários:

  1. Querida Mirone,
    Estive até ao fim do seu lado... convencido de que lançava o repto ao fim dos pais-natal nas varandas. Agora "de forma mais cuidada" pfff, é mesmo de menina. Prendada. Com lacinhos. Bordados.
    Paz na terra e pai natal na Lapónia.
    Bom dia,
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Outro Ente, querido Outro Ente, não imponho as minhas opções estéticas (pelo menos nesta época de paz e amor) a ninguém. Se insistem em pendurar os empalhados, façam-no de forma a parecer que efetivamente estão a escalar a parede/varanda/chaminé em vez de os deixarem ali enforcados...

      Eliminar
    2. Mirone, querida Mirone, valeu pelos empalhados. Oferta de paz:
      “Wind! my love,” repeated he after her: “I doubt whether that be the right pronunciation.”
      “I am surprised you can doubt it,” said she, “for I never heard any body call it wĭnd but yourself.”
      “Did not you, my love? that is very extraordinary: many people, I believe, call it wĭnd.”
      “Vulgarians, perhaps!”
      “Vulgarians! No, indeed, my dear; very polite, well-informed people.”
      Griselda, with a look of unutterable contempt, reiterated the word polite.
      “Yes, my dear, polite,” persisted Mr. Bolingbroke, who was now come to such a pass, that he would defend his opinion in opposition to hers, stoutly and warmly. “Yes, polite, my dear, I maintain it; the most polite people pronounce it as I do.”
      “You may maintain what you please, my dear,” said the lady, coolly; “but I maintain the contrary.”

      Eliminar
    3. Em português diz-se "para lá do Marão mandam os que lá estão". Na minha varanda não entram empalhados, nem enforcados nem em escalada. Na dos outros, pois... se me fizerem o agradinho de o instalar de forma cuidada...
      ;)

      Eliminar
  2. Ainda hoje falei sobre isso, dou-lhes o mesmo nome, ehehe! Então e quando lá ficam pendurados e esquecidos até Fevereiro :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na Alemanha também enforcam o Pai Natal?! Oh mundo cruel! :DDDD

      Eliminar