Falam-se línguas (translate)

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Mães de meninas, informem-me, por favor

Que moda substituiu a febre das pulseiras de elásticos do ano passado? Não tem nada a ver com aspiradores, por um mero acaso? Loucura das arrumações? Não, nada disso? Que pena...
A Mironinho lembrou-se de ressuscitar a moda e foi buscar a caixa dos elásticos, há meses posta de lado. Naturalmente, esta manhã entornou-os no chão do meu carro, "a caixa é que caiu, não fui eu", já coberto de Pini-pons e respectivos acessórios...

18 comentários:

  1. Deitei os elásticos todos fora.
    Mas os Pini-pons ocupam metade da casa...

    ResponderEliminar
  2. Se a febre dos elásticos voltar, já sei quem pedir contas. Ia acrescentar "aproveita, porque eles crescem num instante e nessa idade são tão giros", mas depois ocorreu-me que essa parte de ter bonequinhos e acessórios espalhados por tudo quanto é canto não me deixou saudades :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grrrr, pecinhas pequenas em todo o lado... deviam ser proibidos brinquedos com partes soltas com menos de 10 cm (peças lego, puzzles, eu sei que são muito didacticos, mas saõ tão pequenos, acessórios dos pini-pons e barriguitas, sapatos de barbie...). Porque é que ela não gosta só de nenucos?

      Eliminar
  3. Nunca deixei a minha filha brincar com os elásticos, primeiro porque quando surgiu a moda era muito pequena, depois porque põe tudo na boca (tem 4 anos e ainda põe tudo na boca) e finalmente porque aquela porcaria é feita na China e eu não compro nada "made in China". As ofertas de elásticos que apareceram lá por casa, desapareciam misteriosamente... Mas tem purpurinas e tintas e canetas de purpurina e afins e os meus móveis e as paredes e até o carro. As meninas são muito pior que os meninos, não são??!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha só fez 5 anos em Outubro e antes disso fez bastantes pulseiras (sim, vinham da China , mas ela nunca pôs nenhum na boca, facilitei...).
      As mães de meninos queixam-se do mesmo, das peças lego, dos acessórios dos super-herois, dos hot-wheels...
      Acho que a praga das peças pequenas espalhadas por toda a casa não escolhem géneros :DDD

      Eliminar
    2. Até me esqueço que o meu é diferente, acabo por ter sorte (dependendo do ponto de vista) pois macaquito vive exclusivamente para carros e mais recentemente o barco do Jake com o qual brinca horas seguidas. Os carrinhos acabam invariavelmente debaixo do sofá, é a garagem dele mas tirando isso nada de legos nem peçinhas pequenas porque a fraca motricidade não o desperta para essas brincadeiras, por muito que nós tentemos. É o lado positivo da coisa ;)

      Eliminar
  4. Nem de propósito, ainda ontem, não sei quantos meses volvidos, a minha filha me perguntou quando é que lhe fazia mais pulseiras!

    ResponderEliminar
  5. Pior é quando me pergunta onde está determinada mini-pecinha dos PinyPon. Sou pessoa com paciência, mas aí fervo.

    ResponderEliminar
  6. Mirone, nunca sai de moda, elas "esquecem" durante umas semanas e depois voltam à carga :)
    [a minha já tem cinco faz seis em Julho mas não tem muito jeito para as pulseiras mesmo assim farta-se de inventar e de espalhar elásticos também]

    ResponderEliminar
  7. Té, nãooooooooooooooooooooooooo!
    A sério, a miúda saiu-me educada, não é respondona, não faz birras por aí além, mas é tão desarrumadinha, benzadeus, deixa brinquedos em todo o lado, tenho de andar sempre a mandá-la arrumar.

    ResponderEliminar
  8. ahahah são todas iguais!
    O mais engraçado é que no JI arruma mas em casa diz-me "mãe deixa estar assim que a seguir já vou brincar outra vez!" ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal e qual. A educadora diz que ela é bastante arrumada e organizada, mas em casa eu ganho cabelos brancos de tanto ralhar com ela por causa de brinquedos desarrumados.

      Eliminar
  9. Então, pá? O que é que fizeram à Sara?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo que eu percebi ninguém lhe fez nada, excepto alguns anónimos mal intencionados e ela foi na onda.

      Eliminar
    2. Anónimos mal intencionados? Que é lá isso?
      Serão pessoas que, sem se identificarem, dizem verdades inconvenientes a pessoas que mantêm blogues e que também não se identificam?

      Eliminar
    3. Vamos acabar a conversa aqui, sim?
      Não vou permitir que se faça aqui o que se fez lá. Não admito que aqui se venham atiçar ódios e largar insultos.
      No mais, é ir perguntar à Sara quem é que lhe fez o quê.

      Eliminar
  10. O meu drama são os Legos.... legos por todo o lado, peças, pecinhas, bonecos, eu sei lá....

    ResponderEliminar