Falam-se línguas (translate)

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Queda para a fotografia

Hoje em dia qualquer telemóvel tira fotografias com uma qualidade aceitável, adicionem-lhe uns filtros automáticos e já toda a gente pensa que é fotógrafo e tudo é fotografável. Tomemos como exemplo o sucesso de redes como o Instagram. 
Depois, existem aqueles que decidiram investir uns trocos numa boa máquina e que decidem disparar para tudo o que mexe, no meio de tanto disparo alguma fotografia há-de ficar boa. Se meter criancinhas sorridentes é meio caminho andado, tudo o que é pequenino tem graça e ninguém consegue resistir àquelas carinhas larocas. O passo seguinte é fazer um site, de preferência o nome seguido de photography, publicitá-lo nas redes sociais e temos artista "profissionalizado" a vender sessões fotográficas caríssimas, pejadas de maus planos e enquadramentos, um uso de luz sofrível e, seguramente, outros faux pas que o meu olho não profissional não detecta. Mais do mesmo, trabalhos iguais e enfadonhos que proliferam como cogumelos numa cave húmida.

Depois ainda há os fotógrafos a sério, com ideias diferentes, verdadeiramente inesperadas. Vi o trabalho de Sandro Giordoan aqui e fiquei encantada. Que lufada de ar fresco, tanta da cor, num mundo onde o preto e branco ainda é uma receita segura para o sucesso.  
Ora vejam a recrição de quedas aparatosas pela lente do artista.









13 comentários:

  1. Eu sou ali aquela com a garrafa na mão... decididamente.

    ResponderEliminar
  2. Também já me tinha interrogado sobre esta proliferação de fotógrafos/as ( eu que até gosto de ver e tirar fotografias) Tudo muito igual, mas a verdade é que têm mercado.É tão difícil ser original...
    a propósito destas fotos, cuja ideia achei espectacular, não deixou de me vir à memória este post, também ele interessantíssimo.
    http://malomil.blogspot.pt/2014/02/baby-suicida-2.html

    ResponderEliminar
  3. A mais gira é, indubitavelmente, a do médico! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas tu não vês que o pobre ia com uma toalete de amostras para análises e escorregou? Agora os resultados vão sair trocados :)

      Eliminar
    2. Oh diacho... Isso aí é que seria um belo de um berbicacho...

      Eliminar
    3. Palete*, não sei onde é que o telemóvel foi buscar a toalete. ;D

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Porque as coisas são como são. Com babaninhas e tudo.

      Eliminar