Falam-se línguas (translate)

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Genética

Disse uma vez que gostava de viver em Neptuno com o Meu Pai, para que os dias que passasse com ele durassem semanas, as semanas durassem meses e os meses durassem anos. Somos muito parecidos, o meu pai e eu. Queria muito que as semelhanças ultrapassassem os traços do rosto ou a cor do cabelo.
Dos olhos, além das azeitonas brilhantes que ele herdou da mãe, quero herdar a capacidade de ver sempre mais do que a vista alcança e de em tudo conseguir ver beleza. Das mãos, além do formato das unhas, quero herdar a capacidade de trabalho, de fazer acontecer e, sobretudo, a generosidade e o dom da dávida. Da boca, mais que o contorno dos lábios, quero herdar o discurso livre e fluído. Dos pés, mais do que um dedo encavalitado no polegar, quero herdar a capacidade inesgotável de caminhar por novos caminhos. Do coração, mais do que a arritmia congénita, quero herdar a capacidade de amar e perdoar. Da coluna, mais do que a hérnia entre a L5e a S1, quero herdar a verticalidade, integridade e honestidade. Da pele, mais do que as sardas, quero herdar a capacidade de vestir a dos outros, a empatia.
O Meu Pai parte  esta noite noite numa missão humanitária. Que Deus o guarde num lugar tão seguro como aquele onde o guardo no meu coração.

12 comentários:

  1. Parece-me que já herdaste boa parte...
    Vai correr bem, não tarda está aí a dar-te um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim espero, que a hérnia e a arritmia são uma treta. As unhas e os olhos, menos mal :)

      Eliminar
  2. Que orgulho. :)) um beijão. Aos dois.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rebento de orgulho, mesmo! Vê lá tu que se reformou em setembro e em novembro já estava a trabalhar outra vez, não consegue estar parado.

      Eliminar
  3. Querida Mirone,
    Desejo que Senhor seu pai tenha uma boa missão e regresse são e salvo. (Tão parecida com seu pai, menina Mirone...)
    Um beijo,
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
  4. Um beijo como eles se querem, verdadeiros.

    ResponderEliminar
  5. Olha q é motivo de orgulho sim senhora! Tudo a correr bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Correrá. Uma das coisas que me lembro de o ouvir dizer desde sempre é que a sorte protege os audazes e audácia não lhe falta.

      Eliminar
  6. Está inchada a menina, pois está? E com muita razão!!! Vai correr bem!

    ResponderEliminar
  7. Está inchada a menina, pois está? E com muita razão!!! Vai correr bem!

    ResponderEliminar