Falam-se línguas (translate)

terça-feira, 8 de abril de 2014

Por favor, não.

Há duas expressões muito frequentes que abomino, acho tolas e que me apetece retribuir com um redondo não. "Fulano faz o favor de ser meu amigo" e ""Façam o favor de ser felizes".
Eu não faço o favor de ser amiga de alguém.
Eu não farei o favor de ser feliz.
Sou amiga das pessoas de forma desinteressada, eu diria quase involuntária (em rigor, já me impus segundas oportunidades relativamente a pessoas de quem não gostei num primeiro contacto e vi crescer uma amizade saudável), sou amiga porque aconteceu assim, simplesmente porque gosto delas, não sou amiga por gentileza, para agradar, a pedido ou como contrapartida do que quer que seja.
A minha felicidade, embora dependa em grande parte das decisões que tomo e atitudes que tenho, não acontecerá por especial favor a quem quer que seja.

9 comentários:

  1. Tens razão. Creio que são um exemplo de expressões correntes que se usam sem pensar no que significam se forem tomadas à letra.
    E agora, só para você:

    Continuação e saúdinha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, já me conheces!
      Continução para ti também!

      Eliminar
  2. tenho que me juntar à segunda indignação. e já agora junto outra expressão " à séria", qual "à séria" qual carapuça... peço desculpa se me excedi. boa semana. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E tão comum ouvirmos dizer "à séria" a pessoas informadas que há muitos que já a tomam como correcta.

      Eliminar
  3. é tão cliché essa frase.... "façam favor de ser felizes!".
    Eu penso sempre o mesmo... "pois..pois" e verbalizo um som de vómito.
    bahhh.....lol

    ResponderEliminar
  4. Faça o favor de não se enervar por tão pouco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me enervo, claro que não me enervo. Acho só pateta, e fico quase com pena de quem a profere, que se valoriza tão pouco que acha que só por favor é que alguém é seu amigo.

      Eliminar
  5. E o "faça-me o favor de descansar"? Ah pronto... Se me pede eu descanso... Vem dar de mamar à criança por mim?

    ResponderEliminar