Falam-se línguas (translate)

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Fashionistas e trend-setters que me lêem, confirmem-me uma suspeita

Quando vocês escolhem as roupas que vão usar e que sabem que vão ser copiadas por meio mundo, não estão a pensar só em vocês, estão a pensar naquela colega que vos roubou o namorado no liceu, não estão? Na verdade, o que vocês querem mesmo é vingança, certo? Desejam com todas as forças que essa colega esteja gorda e que desta vez não se limite a roubar-vos o namorado, mas que vos roube também o estilo e que ande na rua a fazer figuras tristes. É isso não é?
Não? De certeza? São só coisas da minha cabeça? Está bem, pronto...
Mas se alguma vez tivesse roubado o namorado a uma fashionista pensava duas vezes antes de vestir uma peça de roupa só porque lhe fica bem.

Senão vejamos, idos são os tempos em que as crianças brincavam ao faz-de-conta com as roupas das mães. Deixem-se de lirismos, mães queridas, e arrumem os vossos lenços e écharpes, os colares e os saltos altos, que essa moda já passou. Agora são as mães que vestem as roupas dos filhos. 
Mães que se vestem  - e comportam - como as filhas adolescentes? Mas isso já se vê há muito tempo, dizem vocês. Pois vê, lamentavelmente,  mas eu não estou a falar de roupas de adolescente, estou a falar de roupa de criança, mesmo! Adultos vestidos como crianças.
Mulheres atentas ao fenómeno da moda, ponham os olhos nas trend-setters de todo o mundo tirem as OshKosh B'gosh das gavetas, vem aí outra vez a moda das jardineiras, essa ode à feminilidade, dita a feita para o corpo da mulher portuguesa!

*Comentário da Mironinho, enquanto me vê a agendar este post: "Porque é que estás a ver esse senhor mascarado de senhora gorda?". I rest my case.




13 comentários:

  1. Ahahahahahahahahahahahahahahahah
    (vou buscar as minhas de volta! Gostava tanto delas!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu não contas! Tu és magra e alta... Por outro lado, sendo magra e alta, não preferes "homenagear" a tua forma física em vez de a disfarçares com um saco de batatas de ganga?

      Eliminar
    2. Gosh…até corei….
      Mas também é giro andar com aquilo :)

      Eliminar
    3. Jardineiras só ficam bem a crianças (a Mironinho tem algumas em versão saia, calças e calções) ou, excepcionalmente, em pessoas magras e com um estilo muito próprio. Ora estilo muito próprio não é apanágio de quem copia tudo o que vê nas fashionistas :D

      Eliminar
  2. Jardineiras... a vestimenta mais hedionda de sempre! Nem às grávidas deveria ser permitido usá-las!

    ResponderEliminar
  3. Me mate já - gosto de ver, se a mulher tiver "o corpo e o estilo certo" para as usar. Por acaso não tenho jardineiras mas se tivesse ainda as vestia (se me ficam bem ou não, é outro assunto, ahahaha).
    Dás-me o contacto do moçoilo da foto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu vi primeiro, não sejas garganeira!

      (isso do corpo e estilo certo - concordo - é que é mais complicado de arranjar)

      Eliminar
  4. Ai God.. De repente imaginei-me com umas jardineiras vestidas... Um copo de água com açúcar se fáxabor...

    ResponderEliminar
  5. Epá, eu sempre usei, em calção ou calças. Gosto tanto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque és novinha, magrinha e vais muito á praia (onde é que se usam calções jardineira sem ser nas férias?)... Se não és magrinha e novinha, então és corajosa (ou insensível).
      Ou és uma fashionista ditadora de tendências de coração vingativo que quer ver as outras mulheres a fazer figuras tristes. Às tantas também foste tu que inventaste a moda das leggings, só pelo gozo de ver as gorduchas vestidas de morcela.

      Eliminar
    2. Também se pode dar o caso de seres o avô cantigas, o que ainda piora mais as coisas! :D

      Eliminar