Falam-se línguas (translate)

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Respondam com sinceridade

Foi um engano legítimo, não foi? Vocês fariam o mesmo, não fariam?

41 comentários:

  1. Respostas
    1. Conta-me tudo, Lulu. Também caíste no engodo dos destruidores de sapatos mascarados de peritos em tintas decorativas?

      Eliminar
    2. Não, mas poderia muito bem ter caído

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Olha, e se em vez de atirares pedras fosses engraxar as botas?
      :DDDD

      Eliminar
    2. Mas achas que as minhas botas precisam de ser engraxadas?

      Eliminar
    3. Tu é que disseste: "Depois o livro que não aparece, a capa que está em parte incerta, o casaco cheio de pêlos, as botas todas badalhocas."

      Eliminar
    4. É um rato, esta mimi. Sempre atenta!
      Sim, mas a badalhoquice limpa-se com um paninho, não com tintas decorativas, percebes?

      Eliminar
  3. Não caía . Recuso-me a engraxar sapatos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Andas com eles por engraxar ou tens quem tos engraxe?

      Eliminar
    2. Ando muito tempo a pensar que tenho que engraxar os sapatos (sim, eu sei que sou uma desleixada) e por fim quando já não posso evitar, arranjo sempre uma alma caridosa para o fazer.

      Eliminar
    3. Eu uso a esponja com azeite, óleo? do Continente. Resulta imenso. Tenho uma aqui no trabalho e tudo. Às vezes tenho colegas que aqui vêm pedir emprestado quando têm reuniões.

      Não me lembro da última vez que engraxei sapatos.

      Eliminar
    4. Essas esponjinhas são boas quando é só um bocadinho de pó, eu uso isso no dia-a-dia, mas às vezes é preciso dar tinta e "alimentar" a pele.

      Eliminar
    5. Dar "tinta"? Confessa Mirone, afinal não foi um erro...

      Eliminar
    6. UI, mas a sério? Vocês engraxam mesmo os sapatos?

      Eliminar
    7. Sim. Eu faço a pergunta inversa. Vocês não engraxam mesmo os sapatos?

      (A Sara já sei que não)

      Eliminar
    8. Não engraxo. Só mesmo quando já não há nada a fazer.

      Eliminar
    9. Foi coisa que herdei do meu avô, que fazia questão de trazer sapatos impecavelmente engraxados :).

      Engraxar, como pintar as unhas, funciona como uma terapia. Não é tão complexa que me canse mentalmente, permite-me que me abstraia e um resultado esteticamente agradável funciona como recompensa imediata. Não há como não nos sentirmos bem depois de pintar as unhas ou engraxar os sapatos.

      Eliminar
    10. Também não pinto as unhas. E também não as corto...Alguém me as pinta e corta .
      Para mim há melhores terapias: fazer bolos e bolachas.

      Eliminar
    11. Tenho ali atrás um post sobre scones... Se calhar é melhor não leres.

      Eliminar
    12. Já li. E fiz, um fim de semana passado, uns scones ma-ra-vi-lho-sos! :)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Doeu sobretudo a Mr Mirone que gostava muito dos sapatos (tinha-os comprado no início de Dezembro). Mas hoje deixei-os no sapateiro para ver se ele os consegue recuperar.

      Eliminar
  5. Fala com a Palmira e ela dá-te o contacto da Lúcia Piloto dos olhos... ou então vai ao Patrick, diz que também é muito bom! Sais de lá com um "olhar novo", nunca mais confundirás tinta branca com graxa, é garantido!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kina, a tinta era preta, a tampa é que era branca.

      Eliminar
    2. Se a tinta fosse branca teria percebido logo quando abrisse o boião, não a teria aplicado nos sapatos.

      Eliminar
  6. Duvido que me acontecesse... só porque o preço me iria chamar a atenção - de certeza que aquela tinta foi cara. Agora... se a dita tinta também fosse de marca branca... aí o mais provável seria meter o pé na poça até à anca! Yeap, eu também engraxo os sapatos da malta toda lá de casa, minha rica avó dizia que na cabeça e nos pés se avalia uma 'ssoa!
    Titá Negrão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve ter custado dois ou três euros, quatro no máximo, senão também teria reparado, Titá.
      (sinceramente não sei quanto custou, comprei-a num dia em que fiz mais compras, e a conta final não me assustou por aí além, devia estar tudo com preços razoáveis)

      Eliminar
    2. Titá, gosto assim. Então assumo plenamente que faria o mesmo! E passava nos sapatos novos do senhor marido, confiante de estava a ser um espetáculo de uma gaja dedicada... Cá abracinho!

      Eliminar
  7. Nota mental: Nunca abandonar o bom hábito de engraxar os meus próprios sapatos.

    (Mirone frequenta o Intermarché)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, nunca perca esse bom hábito (ou escolha quem lho faça capazmente).

      Eliminar
    2. (céus,baralho os supermercados todos...)

      Eliminar
  8. O Bondex foi comprado no PD aqui debaixo de casa (onde faço a larga maioria das compras). A graxa castanha já tenho há mais tempo e não me recordo onde a comprei ( é provável que tenha sido no intermarche, se estiver perto de um e tiver o que procuro não faço discriminação).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fiquei com a pulga atrás da orelha. Por que raio haveria ir eu ao intermarcheé, que me fica fora de caminho, para comprar graxa? Afinal o PD vende home 7.

      Eliminar
  9. Pipocante Irrelevante Delirante6 de janeiro de 2015 às 22:15

    Engraxar sapatos é tarefa masculina
    Dixit

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E as celibatárias, e as lésbicas, e as mulheres que não tiverem um homem ali à mão de semear? Ficam condenadas a usar sapatos encardidos?

      Eliminar
    2. Pipocante Irrelevante Delirante6 de janeiro de 2015 às 23:04

      Ainda há profissionais disso, não é?
      (e não digo isto porque ache as donzelas inaptas do ponto de vista motor para tal tarefa, mas engraxar o sapato é algo que obedece a um certo ritual que as mulheres simplesmente não percebem. Tal como passar a camurça no veículo, ou colocar o a barrica no congelador uns minutos antes de lá despejar a cervejinha)

      Eliminar
  10. Pipocante Irrelevante Delirante6 de janeiro de 2015 às 23:09

    tarefas ritualizadas

    - tirar um bom café (escaldar a chávena, cheirar o cafézinho moído, tirar o dito, beber, limpar a maquineta)

    - fazer um bom petisco (é isto que os bimbyusers nunca perceberão)

    - limpar e/ou afiar as lâminas

    - ver um bom filme

    ResponderEliminar