Falam-se línguas (translate)

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Mito ou realidade

Um estudo, feito por mim (e que portanto tem o valor que tem), dizia eu, um estudo feito por mim demonstra que uma parte substancial da blogosfera se leva demasiado a sério. E que parte substancial é essa, tens números, percentagens para nos indicar, perguntam vocês? Não sei, não tenho números, só leio meia dúzia de blogs com atenção, e só em Portugal existem milhares. Mas se eu lhe quero chamar substancial, é substancial que fica.
Adiante,  o meu estudo revela que existe na blogosfera uma quantidade substancial de pessoas capazes de ver maldade em tudo e quanto se escreva e que saia de determinados cânones. Pessoas que não conseguem fazer uma brincadeira ou alinhar nela, que transportam toda e qualquer questão para o plano pessoal, pessoas que fervem em pouca água, que sobrevalorizam as coisas e que estão prontas a disparar em todas as direcções ao mais pequeno movimento.
E vocês, digam-me de vossa justiça, levam-se demasiado a sério ou alinham numa boa brincadeira?


12 comentários:

  1. Eu sou normal, portanto quero é rambóia.
    Fogueira com os velhos do Restelo, já!

    ResponderEliminar
  2. Para brincar estou cá eu. Mas por acaso, duas ou três pessoas à parte, até acho que fervem mais os comentadores que os bloggers.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom ponto de vista. Concordo contigo. Obrigada. Abraço.

      (concordo mesmo)

      Eliminar
  3. É bom que alinhem na minha brincadeira senão pego na bola e vou-me embora.

    ResponderEliminar
  4. You(all( MADE MY DAY!

    E, olha, era talqual eu te dizia aqui há dias ;)

    ResponderEliminar
  5. Completamente errada, mas eu, filantropo blogosférico, explico num ápice.
    Ninguém leva nada a sério e os comentários mais ofensivos são anonimamente postados pelas pessoas que se sentem atingidas, o que, convenhamos, até tem uma certa desculpa.
    Todos os outros são exactamente de gente que não leva nada a sério e, conhecendo a água e a temperatura necessária para a ebulição do/da blogger, aproveita a maré que vaza para atormentar o mexilhão.
    O que a menina ainda não tem que aprender.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um post com o título "mito ou realidade" assente numa falácia? Ah, não pode ser, onde é que já se viu?

      Tanto, tanto que ainda tenho para aprender. E a angústia de não viver o tempo suficiente para o fazer.

      Eliminar
  6. Eu sou antiga, desde que a brincadeira não me faça saltar uma perna, estamos cá !

    ResponderEliminar
  7. Somos duas M D Roque. É o que me diz o petiz mais novo: a mãe não é velha. É só antiga :)

    ResponderEliminar