Falam-se línguas (translate)

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Felizmente o Dia do Pai já passou

 (Vaidosa) - Mamã, o papá diz que quando eu uso  esta camisola do Mê o casaco assim apertado só no primeiro botão pareço de um gang mexicano que é a La Eme.
(Ainda a processar) - Ai disse?  Por acaso também não gosto muito de ver só o primeiro botão apertado...
(Orgulhosa) - Eles usam as camisas apertadas só no primeiro botão para se verem as tatuagens e para os outros gangs saberem qual é que é o gang deles. Há muitos gangs mexicanos, o não sei quê 13, porque o 13 é o número do Mê no alfabeto, e há outros que eu não sei bem o nome, mas o papá pode explicar-te.
(Incrédula) -Pode?
(Com o orgulho de quem acha o pai o melhor do mundo) - Sim, o papá sabe tudo sobre gangs. Aposto que mais nenhum pai dos meus amigos sabe todas as coisas de gangs mexicanos.

12 comentários:

  1. Claro que pode. Todos os papás sabem tudo sobre tudo.
    (Lá por não ser dia do pai não quer dizer que não deva prendá-lo.)
    Bom dia Mirone!

    ResponderEliminar
  2. Conhecimento fundamental, diga-se!

    :)

    ResponderEliminar
  3. Até parece que já estou a imaginar os desenhos colados na parede da sala de aula por ocasião do dia do pai.
    Joãozinho - "O meu pai ensina-me a nadar e a andar de bicicleta".
    Mariazianha - "O meu pai é muito forte e leva-me às cavalitas".
    Mironinho - "O meu pai sabe tudo sobre gangs mexicanos".

    ResponderEliminar
  4. Pipocante Irrelevante Delirante21 de abril de 2016 às 09:48

    É um bom princípio. Daqui a uns tempos podem passar ao estudo das tatuagens da máfia russa. Aprender é viver.

    ResponderEliminar
  5. Acho que vou fazer uma reclamação ao meu pai.
    Pelos vossos comentários parece que é requisito fundamental para se ser bom pai transmitir noções básicas de "gangsterismo" às filhas. Eu tive de aprender nos filmes, o meu pai não me ensinou nada disso...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pipocante Irrelevante Delirante21 de abril de 2016 às 10:36

      É triste quando os pais deixam à televisão a tarefa de educar os filhos. Realmente, é.

      Não esquecer os trabalhos manuais. Dá sempre jeito saber como fazer uma "shank" a partir de uma escova de dentes velha.

      Eliminar
    2. Menos mal. O meu pai ensinou-nós a fazer fisgas.

      Eliminar
  6. Eu acho fundamental esse tipo de informação nos dias que correm. Nunca se sabe o que poderá acontecer no intervalo da escola, já iniciaram o módulo 2 "utilização de matracas"?

    (Também acho fundamental começares a verificar debaixo da almofada dele antes de adormeceres!!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A miúda ainda há uns meses não sabia o que era um revólver, tive de lhe explicar que era uma pistola.nao tarda nada começa a identificar armas só pela cápsula da munição.

      Eliminar
  7. Cultura geral Mirone, cultura geral.
    Se começarem a olhar de lado p ti na escola dela...já sabes. Ou se calhar começam a evitar-te de todo :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca mais vou ser convidada para as festas de anos dos coleguinhas. Buááááááá


      Eliminar
    2. Ora nem mais. Inclusivamente hás-de reparar que te evitam cumprimentar ou olhar nos olhos.

      :)

      Eliminar